Soluções de atendimento digital para todos os tamanhos de empresas.

Chatbots sem medo: entenda porquê eles são confiáveis

Confira como funciona a estrutura de um chatbot e como ele opera na captação de dados da empresa.

Chatbots sem medo: entenda porquê eles são confiáveis

 

Entender a dinâmica do chatbot pode parecer um bicho de sete cabeças, mas a realidade é outra. A estrutura de um chatbot, os processos de operação e a sua implementação, são muito mais simples e reativos do que você imagina.

Para começar, vale mencionar que o robô não tem vida própria. Após a contratação e implementação, o chatbot não vai operar como uma estrutura humana, ele vai operar como um complemento configurado e ajustado por uma equipe humana. Isso, com base na arquitetura de conteúdo e através do aprendizado assistidoQuer saber mais sobre esse assunto e entender definitivamente porquê essa ferramenta é confiável? Acompanhe nosso artigo!

Por que você pode confiar nessa solução de atendimento?

Dados internos ou do usuário final, só poderão ser acessadas ou captadas pelo robô caso ele tenha sido programado para que isso aconteça. Vamos analisar, por exemplo, um cenário em que uma empresa precisa de alguns dados do cliente final, como nome completo, e-mail, telefone e CPF.

Essas informações cadastrais só serão captadas pelo robô se existirem campos predefinidos pela equipe que configura o chatbot. Caso nenhum desses dados seja solicitado, o chatbot não será capaz de obter essas informações por conta própria.

Ao analisar outro cenário, em que exista a necessidade do robô responder para o cliente final uma informação interna (como o status de um pedido, ou algum código de rastreio, por exemplo), é imprescindível que ocorra uma integração entre o chatbot e o sistema interno da empresa, para que as respostas sejam entregues aos clientes.

Caso contrário, o robô não terá acesso a nenhum dado. É a empresa contratante quem determina o que o chatbot pode ou não captar.

Por que é seguro?

Em relação à segurança, o chatbot sempre é instalado dentro da estrutura do site da empresa. Dessa forma, ameaças de vírus, captação de dados ou de leads que não estejam previstos dentro da lógica de pergunta e resposta do robô, são totalmente inviáveis.

Inclusive, qualquer integração ou correlação com outras páginas só pode ser realizada desde que as outras páginas tenham o certificado de segurança (HTTPS).

Um aliado para a operação

É fundamental entender que o robô é um excelente aliado para o relacionamento com o cliente. Ele também alivia o volume intenso do atendimento humano e acaba qualificando a equipe responsável pelo chat ao direcionar a energia, capacidade e potencial para problemas mais complexos. Além disso, ele estreita os laços e melhora a qualidade da relação do cliente com a empresa.

No entanto, tudo isso só é possível através de uma estrutura lógica que mantenha efetiva e assertiva a inteligência do chatbot, considerando que sua configuração vai exigir uma lógica humana.

Além do chatbot ser o braço direito no atendimento da empresa, se utilizado de forma correta, também é um grande aliado na comunicação e nas vendas por ser a principal “peneira” que separa os casos que necessitam de contato humano, e os casos que podem ser solucionados pelo robô. Segundo a empresa de consultoria Gartner, “em 2020, os consumidores vão gerenciar 85% da sua relação com as empresas sem interagir com um humano”. Interessante, né?  

Agora que você sabe um pouco mais sobre o funcionamento e a estruturação do chatbot, que tal fazer um teste com o HiBot da Hi Platform? Clique aqui e confira todas as funcionalidades e benefícios dessa ferramenta revolucionária!

Não perca as novidades da Hi Platform

Assine nossa newsletter para ficar por dentro dos lançamentos da Hi