Soluções de atendimento digital para todos os tamanhos de empresas.

Aprenda a criar campanhas mais direcionadas ao seu público-alvo!

Desenvolva uma comunicação de alto impacto e alcance o seu público-alvo de forma mais eficaz!

Aprenda a criar campanhas mais direcionadas ao seu público-alvo!

 

Um planejamento de Marketing bem elaborado precisa de uma análise de cliente definitiva. Isso porque quanto melhor for a experiência do usuário, mais forte ficará sua marca no mercado e melhores serão as vendas. Você vai atrair as pessoas no momento adequado e aumentar as conversões.

Veja neste artigo o que é o público-alvo e como a definição dele ajuda o seu negócio a se destacar. Aproveite para conferir algumas dicas que ajudarão você a entender quem é e quais são as necessidades do seu cliente ideal. Afinal, essa é uma informação estratégica para alavancar o desempenho do seu negócio!

Entenda o que é o público-alvo

O público-alvo é definido por meio de um conjunto de informações como:

  • dados demográficos;
  • características comportamentais;
  • localização geográfica;
  • tipo de púbico (cliente, empresa, governo, revendedores e até mesmo funcionários da empresa).

Esses dados ajudam a entender e encontrar seu cliente ideal. Se você usá-los de forma inteligente, dá para direcionar a comunicação e segmentar sua publicidade online, além de escolher as principais mídias nas quais o target (ou público-alvo) estará presente.

O conceito de público-alvo evoluiu com os ambientes digitais. Hoje você consegue reunir muito mais informações sobre uma pessoa de forma detalhada. Isso fortaleceu as estratégias e deu espaço para novas formas de falar sobre quem é o seu cliente ideal.

Persona e stakeholders

O público-alvo então ganhou outros nomes: ele se transformou em persona, quando o recorte aponta para o perfil do consumidor da empresa. A persona apresenta detalhes como áreas de interesse, desejos e até mesmo objeções de compra.

Enquanto de um lado existe a preocupação em ser mais específico com relação às preferências, na outra ponta, o público pode ser definido como stakeholder (parte interessada, em tradução literal). Nesse caso, o recorte é abrangente, engloba não só potenciais consumidores e clientes, como também todas as pessoas envolvidas com a marca. Podemos citar colaboradores, gestores, acionistas, fornecedores etc.

Trabalhar com os stakeholders é muito importante para direcionar o posicionamento ou reposicionamento da marca, fortalecer a cultura empresarial, além de otimizar o atendimento.

Descubra quais são os diferenciais estratégicos de entender seu público

Ao montar um negócio você quer encontrar o melhor formato para conquistar o seu cliente. Hoje as vendas já não precisam acontecer de maneira agressiva, que é quando o vendedor procura empurrar o máximo de itens para o consumidor. Conceitos como Inbound Sales (ou venda consultiva) repaginaram o setor. Por isso, é preciso entender muito bem quem é o seu público-alvo.

Com essa definição, além de descobrir esse perfil, você terá outras vantagens. Veja!

Apontamentos estratégicos

Quais os tipos de produtos são ideais para oferecer no seu mix? Como determinar o preço ideal das soluções que a sua empresa oferece? Quando você descobre quem é a sua audiência, fica mais fácil entender a forma como o seu negócio está posicionado no mercado.

Enquanto um e-commerce de camisetas pode se preocupar com a customização, qualidade dos produtos e responsabilidade socioambiental, outro concorrente pode ter o foco em preço baixo, descontos para compras em maiores quantidades, velocidade da entrega e frete grátis. Ao descobrir o público-alvo, você também fica sabendo quais os benefícios que o seu cliente valoriza.

Construção e posicionamento da marca

Assim como o seu negócio, o branding (gerenciamento de marca) também é desenvolvido com base no seu público. Para que o cliente desperte interesse na marca, é preciso que ela o represente. Descubra como seu propósito de marca se alinha ao target da empresa.

Orientação da comunicação

Essa vantagem não só aproxima o cliente ideal como pode poupar esforço, tempo e dinheiro para encontrar e atrair a audiência. Você descobre em quais canais de mídia a sua audiência está e, além disso, consegue desenvolver a linguagem mais adequada para transmitir uma personalidade que gera maior engajamento com os usuários.

Captação de leads qualificados

Se você conta com uma boa equipe de Marketing digital, talvez não tenha dificuldade em fazer campanhas com excelentes CPCs (custo por clique) e até mesmo que geram muitos leads (registro de pessoas interessadas em seu produto/serviço). O problema é quando essas pessoas que entram para o seu funil de vendas simplesmente não convertem.

As informações do seu público contribuem para uma segmentação correta da base de dados, encontrando assim quem são os usuários que farão toda a jornada do consumidor e apresentarão resultados para a sua empresa.

Veja como definir seu público-alvo e ter sucesso nas campanhas

Quando falamos da criação de um público-alvo, isso também implica em pesquisas. Então, prepare-se para entender quem está em busca do que a sua empresa oferece, no valor praticado e que ainda agradecerá por ter encontrado os seus produtos e serviços. Talvez você esteja se perguntando: como descobrir o seu público? Confira alguns passos a seguir.

Estabelecer quais são as variáveis

Assim como funciona nas métricas do Marketing digital, o primeiro passo é definir quais são os parâmetros mais importantes sobre o seu público. Talvez a idade não seja tão relevante quanto a localização geográfica. Pode ser também que a realidade econômica seja muito flutuante entre os seus clientes, o que indica que esse dado não define seus prospects (pessoas que entram em contato com a sua empresa).

Analisar dados demográficos de prospects e clientes

Com o monitoramento estratégico do seu negócio você descobre informações importantes e recebe inspirações sobre a sua audiência. Esses elementos mostram, em estatísticas, o retrato que forma o seu público-alvo. Você também pode fazer pesquisas para entender melhor o perfil e comportamento do seu cliente ideal.

Entender a relação das pessoas com os produtos e serviços

Como vimos, o público-alvo não se restringe apenas aos dados demográficos, mas também em pesquisar alguns detalhes sobre como o usuário se sente, qual a experiência ao usar o produto ou serviço e as emoções positivas que se desperta. Também é importante saber se existem objeções que impedem a compra, assim, sua equipe de vendas conseguirá fechar mais negócios.

Conhecer o mercado e a concorrência

Um diferencial na construção do seu público é saber analisar a concorrência. Se o seu nicho de mercado é bem definido, provavelmente os potenciais clientes das empresas concorrentes têm um perfil semelhante ao seu. Aproveite essa referência ao seu favor e levante dados relevantes observando as estratégias.

Usar os dados na criação de um público-alvo

Após a realização da pesquisa é hora de reunir as informações e analisar dados e relatórios para descobrir o que essas pessoas têm em comum. É possível também que você descubra que não tem apenas um, mas vários públicos-alvo.

Isso é muito importante para que, em vez de criar campanhas abrangentes, você segmente a sua base de dados. Caso você pretenda atingir mais de um público-alvo, crie mais de uma campanha, conduzindo cada uma para apenas um perfil de cliente.

Desenvolvendo seu público-alvo, é possível direcionar suas campanhas, além de posicionar o negócio e construir uma marca coerente com o consumidor. Faça um levantamento dos dados sobre a sua empresa e a concorrência. Perguntar também é uma boa pedida: crie questionários e entenda o que a sua audiência está falando.

Se você gostou deste artigo, aproveite para nos seguir nas redes sociais — Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram e YouTube. Assim você acessa informações de qualidade sobre relacionamento, vendas, atendimento e muito mais!

Não perca as novidades da Hi Platform

Assine nossa newsletter para ficar por dentro dos lançamentos da Hi